fbpx
Clique aqui!
X
Chamar agora no WhatsApp!
Chamar agora no WhatsApp!

Entenda a Diferença de Madeira Bruta e Madeira Beneficiada


Comprar madeira para um projeto de construção civil pode parecer algo difícil para muitas pessoas, principalmente se for pela primeira vez. São tantos nomes e tipos de madeira, que, muitas vezes, você se confunde e acaba fazendo a escolha errada.

Uma dúvida muito comum de quem não entende do assunto é sobre a diferença entre madeira bruta e beneficiada. São termos simples, porém indispensáveis para qualquer um. Pensando nisso, decidimos escrever esse artigo para sanar as dúvidas de nossos clientes e explicar de uma vez por todas a diferença de cada uma, bem como seus benefícios e aplicações:

AFINAL, O QUE É MADEIRA BRUTA?

Como o próprio nome já diz, é aquela madeira que é vendida de maneira bruta, sem passar por um acabamento mais “refinado”, digamos assim. Pode conter algumas imperfeições (como farpas visíveis e rebarbas) e sua superfície é um tanto áspera.

ONDE SE USA A MADEIRA BRUTA:

A madeira bruta, por ser ligeiramente mais barata que a madeira beneficiada, é muito utilizada em partes da construção onde não há necessidade de estarem visíveis, servindo principalmente como estrutura em telhados, coberturas e alicerces, podendo ser encontrada facilmente na forma de caibros, tábuas, ripas e sarrafos.

O QUE É MADEIRA BENEFICIADA?

A madeira beneficiada (ou aparelhada), diferente da madeira bruta, tem um propósito mais voltado a estética e qualidade final do produto, passando por um rigoroso processo de tratamento e alisamento de sua superfície, removendo todo o tipo de imperfeições como rachaduras ou rebarbas, deixando-a preparada para receber verniz, tinta ou qualquer outro acabamento posteriormente.

Além de ser utilizada na construção de decks, pergolados, portas e janelas, a madeira beneficiada também é usada na fabricação de móveis de madeira, pois as possibilidades de aplicações são infinitas, partindo de uma simples banqueta decorativa até um grande projeto arquitetônico.

Da mesma forma que a madeira bruta, a madeira beneficiada pode ser encontrada na forma de caibros, tábuas, ripas, sarrafos ou em chapas de variados tamanhos.

QUAIS OS MELHORES TIPOS DE MADEIRA?

Existem diversos tipos de madeira e cada um tem suas próprias características. Aqui na Gralha Azul, costumamos dizer que não existe madeira boa ou ruim. Tudo dependerá da finalidade para qual ela será usada. Se você utilizar a madeira certa para a sua necessidade, com certeza terá uma boa experiência. Além disso, sempre compre madeiras de empresas de confiança! O barato pode custar caro, então sempre pesquise bem a procedência do material comprado e se certifique que está comprando madeira de qualidade.

Os tipos de madeira mais comercializados são:

  • Itaúba: Multiuso. Destaca-se pela alta durabilidade e qualidade;
  • Ipê: Madeira do tipo pesada. Ótima para o uso na construção civil;
  • Jequitibá: Madeira com densidade média. Muito utilizada na indústria moveleira;
  • Garapeira: Utilizada frequentemente na construção de telhados de madeira;
  • Angelim Pedra: Madeira dura, extremamente resistente a fungos e cupins;
  • Cedrinho: Madeira leve e com grande resistência. Fácil de parafusar e pregar;
  • Cambará Rosa: Ideal para telhados. Muito mais resistente que o Cambará comum.

 

ONDE ENCONTRAR ESSES TIPOS DE MADEIRAS EM CURITIBA?

Devido ao crescente número de novas construções e projetos de engenharia, a busca por madeiras em Curitiba tem crescido de forma significativa. O mercado local está carente de boas opções. Para atender essa necessidade, a Gralha Azul, que há mais 26 anos já vem atuando na região, oferece uma linha completa de madeiras brutas, madeiras beneficiadas, decks, pergolados, portas, janelas, degraus e muito mais para o seu lar!

 

Nossa equipe de vendas está à disposição para sanar todas as suas dúvidas e te ajudar a escolher o melhor tipo de madeira para o seu projeto. Solicite uma cotação gratuita!



4 Comentários

Deixe uma resposta